Cascalhamento de ruas, asfaltamento e reparação de buracos são pedidos frequentes  encaminhados ao prefeito pelos parlamentares


Levantamento na Ordem do Dia da Câmara Municipal de Ponta Grossa indica uma média de 155 solicitações por mês.  O que resulta em 1.550 pedidos anuais dos parlamentares dirigidos à Prefeitura.  Em sua maioria, são pedidos da comunidade aos vereadores, tais como cascalhamento de ruas, asfaltamento, reparação de buracos, reparação ou construção de pontes e recuperação de locais de uso comunitário. As indicações vão à votação durante as sessões ordinárias semanais, realizadas as segundas e quartas-feiras.

Vereadores reconhecem ineficácia de ‘indicações’

Cientista político explica função das ‘indicações’ no Legislativo

O levantamento realizado por esta reportagem sobre os meses de abril, maio, outubro e novembro do ano passado indica que, dos 15 vereadores,  Alysson Zampieri (PPS) e Alina de Almeida César (PMDB) geralmente aparecem na lista dos campeões em número de indicações. Em contrapartida, Ana Maria Hollenben (PT) e Alessandro Lozza (PSDB) aparecem sem solicitações na Ordem do Dia.

 Abril foi o mês em que os vereadores menos se reuniram, por causa dos feriados. Nesse mesmo mês foram emitidas apenas quatro Ordens do dia em casa sessão, quando o normal é de sete a oito emissões. Mesmo assim, em abril foram apresentadas  116 indicações. Em maio, o número de pedidos foi de 194, sendo maior do que em outubro e novembro, com totais de 157 e 151 respectivamente, embora a quantidade de sessões tenha sido semelhante.

Em Abril, os vereadores que mais fizeram indicações foram Edílson Fogaça (PTN) e José Carlos (Dr. Zeca) (PSDB). Fogaça apresentou 18 solicitações e Dr. Zeca, 17. Em terceiro lugar com 14 pedidos, ficou Walter José de Souza (DEM). Juntos somam 49 solicitações. O que corresponde praticamente 43% do total das 116 indicações feitas nesse mês. Já Ana Maria Holleben (PT), Sebastião Mainardes (DEM) e Valfredo Dzazio (PRP) não apresentaram indicações. Durante a primeira sessão de abril, Edilson Fogaça estava licenciado e seu suplente Altair Nunes Machado (PTN) aparece com 2 indicações.

Entre os meses selecionados, maio figura com o maior número de indicações. Foram 194 pedidos dos quais, 28 feitos pela vereadora Alina César (PMDB), 28 pelo Dr. Zeca (PSBD) e 27 de Maurício Silva (PSB). Juntos os três somaram 83 solicitações, o que corresponde 43% do número total de indicações do mês. Em contrapartida, não houve solicitações da vereadora Ana Maria Holleben (PT) no período.

Os campeões de outubro foram os vereadores Alysson Zampieri (PPS), Alina César (PMDB) e Dr. Zeca (PSDB) que juntos, correspondem a aproximadamente 63% das 157 indicações totais. Esses parlamentares somados apareceram 98 vezes nas indicações expressas nas Ordens do dia de outubro. Durante esse mês os suplentes Jairton Nicoluzzi (PSB) e Durval Pinto (PRP) substituíram os vereadores Márcio Schirlo (PSB) e Valfredo Dzazio (PRP) respectivamente, que estavam licenciados.

Nas Ordens do dia do mês de novembro, os vereadores mais presentes foram novamente Alysson Zampieri (PPS), Alina César (PMDB) e Julio Küller (PPS). Das 157 indicações totais, 40 foram feitas por Zampieri. Alina fez 31 e Küller, 19. Somadas, são 57% do total de solicitações.  Já Ana Maria Holleben (PT) não fez indicações e Durval Pinto (PRP), suplente do vereador Valfredo Dzazio (PRP), fez apenas uma.

Indicações não são um instrumento que os vereadores têm para que pedidos da comunidade cheguem até o prefeito. Há também o ‘ofício’, documento que consta a requisição e a assinatura do vereador que é entregue direto ao Executivo, sem a necessidade de passar em votação e sobre os quais, não ficam registros na Câmara. Essas são duas opções que os parlamentares possuem para atender a comunidade.

 

 

 

Indicações dos vereadores expressos na Ordem do Dia:

Abril

05

   07

12

28

total

%

 

 

ALESSANDRO LOZZA (PSDB)

P

0

0

0

0

0

0

 

 

ALINA DE ALMEIDA CÉSAR (PMDB)

3

4

6

0

13

11

 

 

ALYSSON ZAMPIERI (PPS)

0

0

4

2

6

5

 

 

ANA MARIA HOLLEBEN (PT)

0

0

0

0

0

0

 

 

ENOC PEREIRA BRIZOLA- DR. ENOC (PSDB)

3

3

6

0

12

10

 

 

ALTAIR NUNES MACHADO (PTN)

2

0

0

0

2

1,6

 

 

EDILSON FOGAÇA (PTN)

0

15

3

0

18

15

 

 

GEORGE LUIZ DE OLIVEIRA (PMN)

0

1

1

0

2

1,6

 

 

JOSÉ CARLOS SAHAGOFF (PSDB)

4

5

4

4

17

14

 

 

JULIO KULLER (PPS)

3

3

5

0

11

9,3

 

 

MÁRCIO SCHIRLO (PSB)

1

0

2

0

3

2,5

 

 

MAURÍCIO SILVA (PSB)

0

3

10

0

13

11

 

 

PASCOAL ADURA (PMDB)

2

0

3

0

5

4,2

 

 

SEBASTIÃO MAINARDES (DEM)

    

0

0

0

0

0

0

 

 

VALFREDO LACO DZAZIO (PRP)

0

0

0

0

0

0

 

 

WALTER JOSÉ DE SOUZA (DEM)

5

0

1

8

14

12

 

 

TOTAL

116

100

 

 

 

 

Maio

03

05

10

12

17

19

24

26

TOTAL

%

 

 

ALESSANDRO LOZZA (PSDB)

P

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

 

 

ALINA DE ALMEIDA CÉSAR (PMDB)

8

0

5

5

0

0

10

0

28

14,4

 

ALYSSON ZAMPIERI (PPS)

4

0

0

5

0

7

0

0

16

8,2

 

 

ANA MARIA HOLLEBEN (PT)

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

 

 

ENOC BRIZOLA-DR. ENOC (PSDB)

0

2

3

7

6

0

0

0

18

9,2

 

 

EDILSON FOGAÇA (PTN)

0

4

8

2

0

7

1

0

22

11,3

 

 

GEORGE LUIZ DE OLIVEIRA (PMN)

0

1

0

0

4

2

0

1

8

4,1

 

 

JOSÉ CARLOS SAHAGOFF (PSDB)

0

5

3

4

4

2

5

5

28

14,4

 

JULIO KULLER (PPS)

0

4

7

0

4

0

1

2

18

9,2

 

 

MÁRCIO SCHIRLO (PSB)

0

1

2

0

1

1

0

2

7

3,6

 

 

MAURÍCIO SILVA (PSB)

7

1

1

0

0

12

2

2

27

13,9

 

PASCOAL ADURA (PMDB)

0

0

1

0

1

0

1

0

3

1,5

 

 

SEBASTIÃO

MAINARDES (DEM)

0

1

0

0

0

0

0

1

2

1

 

 

VALFREDO LACO DZAZIO (PRP)

0

0

1

0

2

0

0

0

3

1,5

 

 

WALTER JOSÉ DE SOUZA (DEM)

0

3

0

0

2

0

0

9

14

7,2

 

 

TOTAL

194

100

 

 
                                               

 

 

 Indicações dos vereadores expressos na Ordem do Dia:

Outubro

04

06

13

18

20

25

27

total

%

 

 

ALESSANDRO LOZZA (PSDB)         P

0

0

0

0

0

0

0

0

0

 

 

ALINA DE ALMEIDA CÉSAR (PMDB)

7

0

8

4

0

9

0

28

17,9

 

 

ALYSSON ZAMPIERI (PPS)

0

9

10

10

10

0

10

49

31,4

 

 

ANA MARIA HOLLEBEN (PT))

0

0

0

0

0

0

0

0

0

 

 

ENOC PEREIRA BRIZOLA - DR. ENOC (PSDB)

6

0

1

1

6

0

0

14

8,9

 

 

DURVAL JAPIASSU PINTO (PRP)

0

0

0

0

0

1

1

2

1,2

 

 

EDILSON FOGAÇA (PTN)

0

0

0

0

4

5

3

12

7,6

 

 

GEORGE LUIZ DE OLIVEIRA (PMN)

0

0

6

2

2

0

3

13

8,3

 

 

JAIRTON NICOLUZZI (PSB)

0

1

0

0

4

0

0

5

3,2

 

 

JOSÉ CARLOS SAHAGOFF (PSDB)

4

3

5

4

3

0

4

21

13,4

 

 

JULIO KULLER (PPS)

0

6

1

0

3

2

0

12

7,6

 

 

MÁRCIO SCHIRLO (PSB)

1

0

0

0

0

0

0

1

0,6

 

 

MAURÍCIO SILVA (PSB)

0

0

0

0

0

0

0

0

0

 

 

PASCOAL ADURA (PMDB)

0

0

0

0

0

0

0

0

0

 

 

SEBASTIÃO MAINARDES (DEM)

0

0

0

0

0

0

0

0

0

 

 

VALFREDO LACO DZAZIO (PRP)

0

0

0

0

0

0

0

0

0

 

 

WALTER JOSÉ DE SOUZA (DEM)

0

0

0

0

0

0

0

0

0

 

 

TOTAL

157

100

 

 

Novembro

01

03

08

10

17

22

24

29

total

%

 

 

ALESSANDRO LOZZA (PSDB)     P

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

 

 

ALINA DE ALMEIDA CÉSAR (PMDB)

0

0

8

0

8

8

0

7

31

20,3

 

ALYSSON ZAMPIERI (PPS)

5

5

5

5

5

5

5

5

40

26,3

 

ANA MARIA HOLLEBEN (PT))

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

 

 

ENOC PEREIRA BRIZOLA - DR. ENOC (PSDB)

6

3

0

0

0

0

1

0

10

6,5

 

 

DURVAL JAPIASSU PINTO (PRP)

0

0

0

1

0

0

0

0

1

0,6

 

 

EDILSON FOGAÇA (PTN)

2

0

0

3

0

0

5

0

10

6,5

 

 

GEORGE LUIZ DE OLIVEIRA (PMN)

0

0

0

1

1

0

0

1

3

1,9

 

 

JOSÉ CARLOS SAHAGOFF (PSDB)

3

3

3

3

4

5

4

3

16

10,5

 

 

JULIO KULLER (PPS)

1

0

0

6

3

5

2

2

19

12,5

 

MÁRCIO SCHIRLO (PSB)

0

0

0

4

0

0

0

0

4

2,6

 

 

MAURÍCIO SILVA (PSB)

0

0

0

5

0

0

0

0

5

3,2

 

 

PASCOAL ADURA (PMDB)

0

0

0

0

1

0

2

0

3

1,9

 

 

SEBASTIÃO MAINARDES (DEM)

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

 

 

VALFREDO LACO DZAZIO (PRP)

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

 

 

WALTER JOSÉ DE SOUZA (DEM)

0

0

0

0

0

0

9

0

9

5,9

 

 

TOTAL

151

100

 

 
                                                     

 

 

Próximo bloco:

Vereadores reconhecem ineficácia de ‘indicações’