Imprimir

Daqui cerca de três meses será inaugurado, no Jardim Carvalho, um Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (Nucria). O objetivo é prestar um atendimento  a vítimas de violência que tenham até 18 anos. A iniciativa é promovida pela Secretaria de Segurança Pública do Estado.

 

Será oferecido um tratamento diferenciado a jovens que sofreram algum tipo de crime. Enquanto a Delegacia da Criança e do Adolescente já trata de questões relativas aos menores infratores, o Nucria será responsável por aspectos relacionados apenas às vítimas.

Para o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Francisco Kapfenberger, o órgão será uma ferramenta importante para auxiliar na proteção de crianças e adolescentes.

“Ter um lugar focado no bem estar do jovem vítima de crimes é um passo muito importante para a garantia dos seus direitos. Afinal, já que muitos pais e responsáveis, que deveriam zelar por isso, são muitas vezes os agressores, o Nucria vem para interpretar esse papel de protetor”, acredita Kapfenberger.

A equipe do Núcleo contará com investigadores, delegado, escrivão, psicólogo e assistente social. Eles serão responsáveis investigar as denúncias, que poderão ser encaminhadas pelo já existente Disque 100, ‘Disque Direitos Humanos’.

A equipe já iniciou os trabalhos policiais internos, faltando apenas o atendimento ao público – que depende da finalização da reforma da sede. O Nucria vai funcionar na Rua Rodrigues Alves, 1950, próximo ao espaço onde ocorre a tradicional feira do bairro.

 

Arquivo comunitário: 27/8/15 - Posições políticas ampliam o debate sobre a PEC171/1993

Categoria: Criança e adolescente
Acessos: 1445