O Clube de Trocas, promovido pela Incubadora de Empreendimentos Solidários (IESol) desde 2011, é uma iniciativa que promove uma outra maneira de aquisição de produtos. O dinheiro comum não vale como moeda. Todas as transações são realizadas na base da troca.

Na manhã da última quinta-feira, dia 9, aconteceu mais uma edição no pátio do Campus Central da UEPG. Os integrantes do projeto montaram uma bancada com vários produtos trazidos por eles mesmos e também de outros interessados na feira.

Os objetos eram livros, roupas, bolsas, adereços, antiguidades e utensílios domésticos que não tinham mais utilidade para seus donos. Além dos produtos, as trocas também envolviam serviços prestados, como massagens, abraços e técnicas de cabeleireiro.

Uma oficina de vídeo com aparelho celular, ministrada pela professora de Jornalismo Marcia Boroski, também teve espaço em meio às trocas.

A aluna do curso de Geografia da UEPG, Lucélia Rodrigues, se mostrou empolgada com a quantidade de pessoas que trouxeram seus objetos. “Está muito bacana. Muita gente participando, e é bem interessante que os produtos trocados sempre têm alguma coisa de você neles”, diz.

Francisco Salau Brasil é técnico em economia solidária e gostou do que viu na feira. “A iniciativa é muito boa. Ontem tivemos uma feira em Uvaranas, promovida pelos alunos de História. É bom que a iniciativa se espalhe”, comenta.

Além dos integrantes da IESol, membros da Associação de Feirantes Solidários (AFESOL) e do pré-assentamento do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra Emiliano Zapata também estiveram presentes e ajudaram na organização do Clube de Trocas.

 Veja também

IESOL debate princípios da Economia Solidária

 

Arquivo comunitario

06/06/2014 - Clube de trocas movimenta economia solidária em Ponta Grossa

12/10/2011 - Evento da IESOL incentiva discussão sobre economia solidária