O Segundo Seminário Nacional de Economia Solidária e Tecnologia Social (SENEST) aconteceu na UEPG na última semana, entre os dias 23 e 25 de setembro.

O evento, organizado para comemorar os dez anos de funcionamento da Incubadora de Empreendimentos Solidários (IESol), trouxe palestras e atividades visando aumentar o conhecimento dos participantes sobre economia solidária.
Uma das atividades realizadas foi uma feira no pátio do Campus Central da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), que trouxe doze empreendimentos com vários tipos de produtos. Como em outras feiras organizadas pela IESol, o público foi grande, atendendo às expectativas da organização.

Os empreendimentos vieram de cinco cidades: Porto Amazonas, Castro, Ponta Grossa, Irati e Mallet. Alguns produtos cativaram mais a atenção dos participantes.

Caroline Dutra, estudante de Serviço Social da UEPG, gostou muito do produto feito pela Associação de Mulheres Artesãs de Sabão de Engenheiro Gutierrez (AMASEG). “Elas fazem sabonetes e cosméticos com princípios curativos. Os sabonetes parecem ser muito bons”, comenta.

Além da venda de produtos, também aconteceu a já conhecida feira de trocas organizada pela IESol. Desta vez, diferente das outras em que os produtos eram expostos em carteiras, um tapete foi estendido no pátio para a exposição dos produtos.
Francisco Salau Brasil, participante de IESol, mostrou-se animado com os resultados da feira. “O pessoal está trocando muitas experiências, conhecendo a produção de outros empreendimentos. Dá pra ver que estão gostando da atividade e isso é o que importa”, conta.

Além da feira, o 2º SENESTS teve palestras nas manhãs de quarta, quinta e sexta, dias 24, 25 e 26. O evento contou ainda com mesas redondas durante as tardes.