O documentário "Doze meses de resistência: A terra como horizonte de vida" será lançado oficialmente neste sábado, dia 08/07, às 18h, no Acampamento Maria Rosa Do Contestado (MST), em Castro.

Mídias populares

Apresentação

2013 não foi um ano de eleições, entretanto debates políticos não faltaram. No meio do ano, o movimento Vem Pra Rua mobilizou todo país. No mesmo período em que acontecia a Copa das Confederações nas principais cidades, multidões de pessoas saíam de casa e mostravam ao mundo uma outra faceta do Brasil.

 

A indignação geral vista durante as passeatas, deixava estudiosos abismados. Ninguém sabia dizer ao certo quais eram as reivindicações dos protestos. O que ficava claro é que os termos corrupção, desvio de dinheiro público, falta de investimento em educação e saúde eram citados por 8 a cada 10 manifestantes.

Com um sistema eleitoral que tem sua legislação baseada na primeira metade do século XX, muitos dos artigos já não condizem com o momento que vivenciamos agora. Os últimos dois plebiscitos que existiram no país aconteceram em 1993 e 2006.

O primeiro foi sobre a forma de governo que o país adotaria, as escolhas eram entre um regime republicano ou monarquista. Há exatos 20 anos. Já em 2006 o plebiscito foi sobre o desarmamento, a população escolheu a não proibição do porte de armas.

Ambos plebiscitos ocorreram com tranquilidade. Entretanto o proposto pela presidente Dilma como resposta aos protestos de junho, foi adiado para o ano que vem.

Vários outros movimentos propuseram reformas a sua maneira, entretanto saber se elas atendem as indignações da população ao invés de interesses de grupos políticos, é uma questão totalmente diferente.

Leia a reportagem: Insistência popular acarreta em mudanças políticas