O documentário "Doze meses de resistência: A terra como horizonte de vida" será lançado oficialmente neste sábado, dia 08/07, às 18h, no Acampamento Maria Rosa Do Contestado (MST), em Castro.

Mídias populares

Apresentação

O Assentamento do Contestado, localizado no Município da Lapa, a cerca de 100km de Ponta Grossa, comemora em 2013 14 anos de trabalho. Vários avanços fizeram parte desta história. A ocupação é hoje referência de assentamento para todo o Brasil.

MST promove uma semana de eventos na Lapa
Entrevista: “O Assentamento do Contestado é referência para o sul do Brasil”
Editorial: Assentamento do Contestado, 14 anos de resistência

A área de 3.200 hectares era, até 1999, propriedade da empresa de porcelanato Incepa. Hoje, o território que comportava plantações de soja, milho e eucalipto divide-se em 1.200 hectares de reserva destinada à área de proteção ambiental, 700 hectares de reflorestamento e 1.500 hectares de área produtiva. O assentamento é dividido em 108 lotes e abriga 120 famílias, em torno de 500 pessoas.

“Fazendo um balanço na questão da produção do assentamento, eu posso dizer que avançamos muito na proposta agroecológica a partir da instalação do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) aqui. A garantia de renda direta que o PAA nos traz é uma forma de assegurar a vida dos trabalhadores aqui na comunidade”, conta a coordenadora geral do assentamento, Maria de Lima. Atualmente os assentados produzem e comercializam frutas, hortaliças, grãos, leite e ovos.

Durante os 14 anos de Assentamento do Contestado, as principais conquistas estão no âmbito estrutural. Foram construídas casas, igrejas, estradas internas, escola e a Escola Latina de Agroecologia (ELAA), que oferece estudo em nível superior (graduação) para 56 jovens latinoamericanos.

Ainda assim, os assentados continuam lutando por melhorias na área. “Precisamos de espaços para lazer, ampliação da escola e um cemitério”, indica a coordenadora pedagógica Sandra Maier.

Clique para ouvir
A coordenadora pedagógica do Assentamento do Contestado, Sandra Maier, fala sobre a divisão interna da comunidade, a preparação para o evento e a importância do assentamento para a cidade da Lapa.

{soundcloud}https://soundcloud.com/portal-comunit-rio/com-14-anos-de-hist-ria{/soundcloud}

Próximo bloco
MST promove uma semana de eventos na Lapa

Arquivo comunitário
23/04/2012 - Jornada pela reforma agrária reúne representantes do MST no Paraná