Mais de cem pessoas estiveram presentes no evento realizado pelo Coletivo Feminista Amapô, na última sexta-feira, dia 3, no Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UEPG. Uma das organizadoras, Raquel Terlecki, conta que a ideia do sarau surgiu na primeira reunião do coletivo e tem como objetivo divulgar as ações desenvolvidas pelo grupo, além de atrair novas integrantes.

 

A primeira atração foi a exibição inédita do documentário Ela Dela, produzido pela estudante de Comunicação da Faculdade Secal, Janaina Lohmann Hofman. O documentário reúne depoimentos de seis mulheres que aboliram a depilação com o intuito de desmistificar o tabu que permeia os pelos corporais femininos.

A estudante do terceiro ano de Serviço Social da UEPG, Ana Carolina Gilgen, foi uma das entrevistadas do documentário. Para ela, o sarau contribuiu, principalmente, para dar visibilidade ao Amapô e ao Ela Dela, que representa o coletivo e uma das principais questões defendidas por ele, a liberdade do corpo feminino.

O evento contou ainda com a exibição de poesias e ilustrações de cunho feminista das integrantes do Coletivo Amapô. O rapper Andrey Rotter (Twoclok), que abriu a sequência de shows com cinco músicas autorais, destacou a importância do sarau.

“A cidade que carece muito de eventos culturais e, para mim, é uma honra estar aqui apresentando meu trabalho, colaborando para a causa do coletivo, que também é importante”, avalia.

Houve também a participação de outros grupos musicais, como a dupla de rap feminino Philliaz e a banda Catrinas.

Arquivo comunitário:

02/07/2015 - Coletivo Feminista Amapô organiza sarau no DCE com mais de cinco atrações