Os últimos dias foram marcados por ações em comemoração ao Agosto Dourado, mês que levanta discussões acerca do Aleitamento Materno. Desde o dia 31 de julho foram promovidos 'mamaços' em nove Unidades Básicas de Saúde (UBS), oficinas sobre amamentação e ações de conscientização sobre diversas áreas ligadas ao desenvolvimento do bebê, como fisioterapia e assistência social.

 

  O tema deste ano é 'Amamentar e Trabalhar'. “O objetivo é sempre tratar de aspectos do aleitamento materno. Esse ano buscamos chamar atenção para a licença maternidade, já que há projetos de lei que visam ampliá-la para um ano para as mães e um mês para os pais”, afirma  Ana Maria Bourguignon, representante da Associação em Prol a Maternidade Ativa e Segura (AMAS).

 

A entidade promoveu as mobilizações em parceria com a Prefeitura de Ponta Grossa e outras organizações que trabalham com o tema, como o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) e o Banco de Leite Humano (BLH).

 

“Foi o primeiro ano em que a administração municipal realizou iniciativas em relação ao aleitamento materno e temos expectativa de continuar com esse trabalho”, conta a enfermeira municipal Michele Rodrigues, que fez parte da organização.

 

 As atividades foram encerradas com uma caminhada no centro da cidade. Partindo da Igreja dos Polacos, mais de 350 mulheres, estima Michele, percorreram a Avenida Vicente Machado em direção ao Terminal Central e promoveram um mamaço coletivo.

 

Segundo a enfermeira Vivian Gaidarji, que levou a filha de um ano e um mês para o mamaço de encerramento, a prefeitura incentivou a participação dos profissionais de saúde para o evento, principalmente quem trabalha e também amamenta.

 

Para ela, a participação é importante para incentivar a prática da amamentação: “Ou somos mães que amamentam, gestantes, ou conhecemos alguém que é”.

 

Arquivo Comunitário

13/8/15 - AMAS promoverá ‘Hora do mamaço’ em comemoração à semana mundial da amamentação