O Centro de Atendimento à Saúde do Jardim Rio Verde conta com dois grupos que auxiliam os moradores: um para quem possui problemas de hipertensão e outro para grávidas. A iniciativa partiu dos próprios enfermeiros e servidores do CAS, não tendo relação com as diretrizes obrigatórias de funcionamento determinadas pela prefeitura.

O grupo de auxílio aos hipertensos e diabéticos se reúne toda quarta-feira às 8h da manhã. Dentre as atividades encontram-se alongamento, caminhada, entrega de medicamentos e palestras.

“A gente coloca a entrega dos medicamentos no mesmo dia que o grupo para incentivar a participação dos hipertensos”, comenta a enfermeira Mônia Barreta.

Já o grupo de apoio às gestantes tem realização uma vez por mês. No mês de maio, o encontro acontecerá na próxima quarta-feira, dia 22, às 13h30.

As gestantes têm acompanhamento de médicos e dentistas do próprio CAS, que auxiliam em questões tanto de saúde, alimentação e bem estar da grávida quanto da saúde do futuro bebê. A tarde conta com palestra, lanche e sorteio de brindes entre as mulheres que participam.

Camila Pedroso teve o filho há seis meses e conta que participou do grupo desde o primeiro mês de gestação. “No postinho, me ensinaram o que eu podia comer e o que não podia, como tratar o bebê e qual remédio eu precisava tomar”, comenta ela.

Segundo a enfermeira, o número de participantes é baixo. Dentre as 80 cadastradas no CAS, apenas cerca de 20 gestantes comparecem.

Tanto o grupo de gestantes quanto o de diabéticos e hipertensos são abertos à comunidade de bairros do entorno, como Lagoa Dourada, Jardim Gianna e 31 de Março.

Arquivo Comunitário:Setor administrativo melhora, mas posto de saúde no 31 de Março ainda passa por dificuldades