A sede da Associação de Moradores do Núcleo 31 de Março está há aproximadamente cinco anos sem manutenção. Localizada na Rua Washington Luiz, a sede tem espaço amplo mas, ao entrar no local, pode-se ver algumas janelas sem vidro, paredes manchadas e portas deterioradas. Na área externa a grama está crescida. Algumas pessoas alugam o espaço para fazer bazares. Segundo usuários, a cobrança é de 30 reais por dia.

A Igreja Nossa Senhora Aparecida, localizada no Núcleo 31 de Março, promove bazares nas tardes de segunda-feira, a partir das 13h. As peças custam em torno de um real. Além da venda por preços simbólicos, o grupo também doa peças.

Professores, equipe pedagógica e direção do Colégio Estadual 31 de Março realizam na quarta feira (2) o projeto “Blitz da Paz”, idealizado pelas professoras Giovana Vieira, Zeneida Inglês e Gisleine Guerke.

Moradores do conjunto habitacional de Londres sofrem com as condições precárias das moradias. Mau cheiro do esgoto a céu aberto, alagamento em dias de chuva e trânsito movimentado da rodovia Contorno Leste são os principais problemas enfrentados.

Vencedora do último desfile de carnaval da cidade, a escola de samba Globo de Cristal relata que não tem apoio nem recursos suficientes para organizar seus carros e alegorias.