Imprimir

alt 

A Associação de Moradores do Jardim Maracanã, uma das vilas do bairro Nova Rússia, promove bailes com música gaúcha ao vivo um domingo por mês.

A festa, além de entreter os moradores, tem como finalidade arrecadar verba para conseguir melhores condições para o local que sedia a entidade e resolver outros problemas enfrentados pelos habitantes do bairro.

A Associação de Moradores do Jardim Maracanã atua constantemente na solução dos problemas da vila. A maioria das ruas sem asfalto, casas construídas ao lado de um arroio e a falta de horários mais frequentes de ônibus são exemplos de questões que precisam do apoio da entidade.

Com a intenção de arrecadar dinheiro para suas ações, a associação  promove bazares, bingos, bailes e também aluga o espaço para outros eventos.

O último domingo, 11 de abril, foi dia de festa na vila. A presidente da associação, Delci Maria Bonato, conta que em 2009 os bailes na sede aconteciam a cada 15 dias. Agora a festa é realizada uma vez por mês.

“Eu levo os convites nas rádios, o ofício na polícia e providencio tudo com a ajuda principalmente do grupo da terceira idade, que trabalha voluntariamente”, relata Delci.

A presidente explica também que o lucro da festa gira em torno de 40% da arrecadação, feita através da venda de convites, bebidas e alimentos. Esse dinheiro também é  utilizado para a reforma da sede, para ajudar no almoço do grupo da terceira idade ou prestar auxílio a outros grupos dentro do bairro.

altA música fica por conta de um morador do Jardim Santa Luzia, mais conhecido como “Vino” (foto), sob uma taxa de R$ 150,00.

 

Morador do Jardim Maracanã há 30 anos, Roberto Nascimento, 55, conta que vai a todas as festas promovidas no bairro. Nascimento é cadeirante e reclama das condições tanto do bairro quanto da sede que abriga a associação dos moradores.

“Tenho dificuldades para descer e entrar na associação e para me locomover nas ruas da vila, muitas vezes sem asfalto”, afirma. Sua entrada no local onde são realizadas as festas da vila depende da ajuda de outras pessoas que o carregam. “Não tem coisa melhor que baile para a gente se divertir”, afirma dona Zeny Ferreira, moradora do Jardim Maracanã.

A senhora de 70 anos conta que há dez frequenta a festa promovida pela Associação de Moradores. “Além de me divertir, auxilio a associação, que ajuda o bairro”, acrescenta.

 

 

alt

Fernanda Serafim, de 15 anos, vai aos bailes regularmente e avalia a festa como um meio de entretenimento para os moradores da terceira idade.


 

Ela observa que os bailes não são feitos para uma faixa etária específica: “todas as pessoas de todas as idades podem se divertir aqui”, diz.

 

alt

Serviço:
O próximo baile será no dia 9 de maio, das 14 às 18 horas na sede da Associação de Moradores do Jardim Maracanã. A entrada é no valor de R$ 1,00 para mulheres e R$ 2,00 para homens.

Categoria: Nova Rússia
Acessos: 2369