altOs cursos, financiados pela Associação, são para meninas do bairro. As aulas acontecem nas quintas-feiras à tarde na sede da Associação. A iniciativa começou em março desse ano e já conta com 25 meninas. As alunas afirmam que aprendem muito nas aulas e que isso ajuda, inclusive, no seu desenvolvimento escolar.

 

A Associação pretende incluir cursos também para meninos. 
Crochê, pintura, bordado e dança. Esses são os cursos oferecidos pela Associação de Moradores da Vila Cristina para as meninas. As aulas começaram em março deste ano e a divulgação foi feita no ”boca-a-boca”. Já existem 25 meninas que vão todas as semanas. E a Associação pensa em ofertar também confecção de pipa, MDF e oficinas para meninos.

As aulas acontecem todas as quintas-feiras das 13h30min às 16h30min, com direito a lanche no intervalo. Para a vice-presidente da Associação de Moradores, Joselma Aparecida Amâncio, os cursos são importantes. ”Antes não tinha nada”, diz ela.

O material usado é pago pela própria Associação que, de vez em quando, recebe alguma doação. Segundo Keila Moritz Mayer, moradora da Vila Cristina e ajudante nas aulas, essa atitude é tomada porque “não se pode pedir para as meninas pagarem, elas são carentes. Isso é um trabalho voluntário”.

vilacristinacursos3.jpgRosilene Silva, de 17 anos e aluna dos cursos, diz que “as aulas ajudaram na escola e o seu desenvolvimento melhorou”.

Ela está na 7ª série e, mesmo afirmando não saber o que vai fazer depois de terminar o Ensino Médio, diz que pretende continuar nos cursos.

“É legal, eu aprendo muito”, alega.