A prática esportiva influenciou no comportamento das crianças do Parque Tarobá. A mudança resulta do método aplicado pelo Grupo Muzenza.“A gente puxa o treino de capoeira, mas conversamos bastante com os alunos e mexemos com o psicológico deles passando o que é certo e o que é errado”, afirma o mestre Marcos Teles.

O bom desempenho escolar dos alunos é algo de bastante consenso entre os pais e os mestres. “Se o aluno não levar certo no projeto e não levar certo na escola, a gente corta a participação”, ressalta.

“Por isso a disciplina do atleta é essencial. Além disso, o respeito ao próximo e a responsabilidade adquirida são todos os valores transferidos para a vida pessoal do indivíduo”, conta Aline da Silva.

Os moradores relatam que, depois do início das aulas, aconteceu uma considerável diminuição, entre os alunos, do uso de drogas e das brigas dentro das escolas e nas ruas.  O convívio familiar também é um assunto que sofreu mudanças desde a instalação das aulas de capoeira.

Loraine Puchta assiste às aulas do seu filho de oito anos, há três meses, e já nota uma melhora comportamental dentro de casa. “Se fizer qualquer coisa que ele sabe que vai ficar de castigo e sem capoeira, ele faz bem bonitinho”, afirma.

Aline relata que a disciplina é o caminho para um bom desempenho na prática esportiva. O esporte estimula a competitividade e a segurança das atitudes dentro e fora do ambiente de treinamento.

“Sem disciplina não há progresso e sem progresso não há a mínima possibilidade de vitória. E, sem a competitividade, o esporte, em si, perde a sua essência”, complementa a profissional de educação física.

Grupo Muzenza ministra aulas gratuitas de capoeira em parceria com o Parque Tarobá

A capoeira como instrumento de saúde física e mental dos atletas

Em busca de alternativas

Salvar

Salvar